Arrependimento da Lua Cheia

Escutei essa oração durante o programa da Monja Coen na Rádio Mundial e fiquei profundamente tocada.

Quantas maldições proferimos, sem perceber, sobre nossa vida e sobre as de nossas irmãs? Isso é reflexo de uma consciência primitiva. Nossas palavras criam realidades, portanto, é nosso dever proferir afirmações com responsabilidade.

Um reflexo dessa responsabilidade é o arrependimento por quando, em momentos de ignorância, criamos realidades indesejáveis. Ele atua, neste caso, como o reconhecimento de que nos responsabilizamos pelos acontecimentos e podemos mudar.

Deixo assim esse presente, uma forma de limpeza e correção de nossa alma. Deve se repetir três vezes, durante a lua cheia:

 

“Todo carma prejudicial alguma vez cometido por mim desde tempos imemoriáveis devido à minha ganância, raiva e ignorância sem limites, nascido de meu corpo, boca e mente, agora de tudo eu me arrependo”

 

Mãos em prece _/\_

 

Um comentário sobre “Arrependimento da Lua Cheia

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s