Indicação de livros para autoconhecimento II

Olá, irmãs de sangue!

Segue mais um post com livros que são de extrema relevância em meus estudos. O primeiro post você pode conferir nesse link. Façam bom proveito e me contem como foi a leitura. E se tiverem sugestões, tô de coração aberto!

Filhas da Terra

Inês Gaya

Filhas da TerraEste livro foi lançado no III Encontro Mundial de Círculos de Mulheres, em 2016. Acompanhando o objetivo dos dois primeiros, compilados pela Cirandda da Lua, ele reúne relatos de mulheres que tiveram suas vidas transformadas após se reconectarem com sua força feminina.

A grande novidade nesta edição é que a compilação foi feita por uma portuguesa, Inês Gaya, criadora da técnica Divine Womb, fundadora da Escola do Sagrado Feminino e que realiza em Portugal trabalhos curativos com mulheres (e é uma mulher PHODA).

Tive a oportunidade de, no Encontro, conhecê-la pessoalmente e participar de uma pequena demonstração de seu trabalho. Fiquei realmente encantada com a proposta e com a Inês, que é um amor! Histórias à parte, a obra contém relatos de mulheres brasileiras e portuguesas. Confesso que este foi o que mais me tocou, onde mais encontrei histórias parecidas com a minha em diversos aspectos e mulheres com quem me identifiquei.

Sempre que ouço relatos de participantes do Círculo Pachamanas ou de outras mulheres que se curaram me sinto mais forte, mais curada. Para quem ainda não ingressou no caminho, também é um ótimo incentivo: histórias reais de mulheres reais que provam que a transformação é possível! Viva nossos úteros!

Lua Vermelha

Miranda Gray

Lua VermelhaSabe o estudo do seu ciclo menstrual e a relação com a lua, que eu falei nesse post aqui? Além da minha auto-observação por meio da mandala lunar, bastante do que está lá aprendi com a Miranda e com esse livro. Acho um livro bem bacana para quem está começando esse estudo. Nele a autora analisa os arquétipos femininos relacionados com cada fase lunar e traz perguntas, exercícios e sugestões para aceitarmos e nos harmonizarmos com nossa natureza cíclica. É bem mais aprofundado do que o “Descubra as deusas dentro de você”, também da Miranda. Apesar de ter sido escrito há bastante tempo, foi traduzido para o português recentemente.

Manual dos mistérios da mulher

Christine R. Page

O Manual de Misterios da Mulher

Participei de um workshop da Dra. Christine e reconheço: a mulher é um furacão. Enérgica, sedutora e prática, assim como seu livro. Ele é curto (155 páginas), objetivo e leve. Dá para ler em 2 dias. Funciona como um resumão para quem já se aventura por leituras mais aprofundadas ou uma deliciosa introdução para quem começou agora a se explorar como ser mulher no mundo.

O mais bacana dessa obra, para mim, são as perguntas que ela propõe e as meditações guiadas que ela sugere. Inclusive, junto com o livro vem um CD, para você coloca-las em prática. Vale a pena não tanto como base teórica, já que é bem pouca, mas se você se propõe a responder aos questionamentos com sinceridade e aplicar os exercícios.

Mulheres que correm com os lobos

Clarissa Pinkola Estés

Mulheres que Correm com os LobosEsse livro merece um livro rs. Obra-prima que virou bíblia para milhares de mulheres ao redor do mundo e representando diversos movimentos, todas as mulheres que tiveram contato com esse livro relatam que saíram enriquecidas e conseguiram descobrir em si mesmas novos lugares mais autênticos e buscar a cura para suas feridas.

Por meio da análise de mitos, contos de fadas e lendas do folclore que a autora resgatou em suas formas mais primitivas possíveis, são analisados os principais arquétipos da psique da mulher e identificadas nossas iniciações e as fases de nosso desenvolvimento ao longo da vida.

Gosto sempre de ressaltar que apesar de ser bastante utilizado pelos grupos de “sagrado feminino”, este não é um livro sobre religião ou sobre a Deusa. É uma obra científica, fruto de um trabalho minucioso da Clarissa, psicanalista junguiana e PhD, ao longo de 20 anos. Não se sinta mal se você começar a ler e não engatar. É um livro denso, cheio de termos técnicos da área da psicologia e que toca feridas e forças profundas da mulher. Ainda sim, delicioso, já que a Clarissa vem de uma tradição de contadores de histórias.

Tendo isso em vista, minha dica para melhor aproveitamento desse livro é: vá no seu ritmo. Descubra a melhor maneira de ler – pode ser fora da ordem; você pode ler apenas os mitos e deixar que sua intuição te traga os significados; ou, se você for como eu, pode buscar se aprofundar nas teorias do Jung. Ah, vale a pena também reler o livro esporadicamente. A cada nova leitura, uma nova camada de entendimento se abre.

O milionésimo círculo

Jean Shinoda Bolen

o-milesimo-circulo-jean-shinoda-bolenA Dra. Jean é super referência no movimento de mulheres ao redor do mundo. Autora de diversas obras sobre a relação das Deusas com a Mulher, transformou o cenário dos círculos femininos com essa obra.

Inspirada na Teoria do Campo Mórfico, do biólogo Rupert Sheldrake, a autora expõe como os círculos de mulheres são uma poderosa ferramenta de transformação social de nossa conjuntura rumo a uma era pós-patriarcado.

O livro é curto e apresenta dicas objetivas para guiar a criação e a facilitação dos círculos de mulheres. Para quem já facilita ou compõe um círculo a leitura é imprescindível. Para aquelas que querem compreender melhor o movimento antes de integra-lo, uma ótima introdução.

O que me fez amar esse livro, entretanto, foi como ele casou com minha visão sobre os Círculos: como eles insuflam o movimento feminista de alma. Uma frase que consta no livro e me inspira muito é a seguinte:

“O feminismo pega fogo quando se nutre de sua espiritualidade inerente. Quando não o faz, é apenas mais uma forma de política e a política nunca alimentou nossas carências mais profundas.” Carol Lee Flinders, At the Root of This Longing

Samai – A arte das curandeiras

Pilar Echeverry Zambrano

samai arte das curandeirasLivro de cabeceira sim senhoras. Pilar é uma curandeira colombiana que segue a tradição do Samai, medicina solar andina dos povos originários. Nesse livro ela canta e conta sabedorias ancestrais em favor do feminino.

Nos ensina sobre os elementos andinos (a cruz andina, o chale), dá receitas de elixires,  maneiras de vaporizar nossos úteros, meditações, rituais, entre outras formas de purificação e nos fornece uma lista de ervas para harmonizar desequilíbrios femininos. Um tesouro da ginecologia natural. Conta também com ricos poemas, ilustrações e orações. É um dos livros mais lindos, em todos os sentidos, que li.

Seiva

Andréa Tolaini

SeivaAo longo dos meus estudos e investigações percebi que a arte é um dos guias para a saúde da nossa psique. A linguagem da nossa alma, do nosso coração e um exercício de libertação, afeto e identificação. Além de, simbolicamente, ser a manifestação da força criadora que, apesar de presente em todos os seres humanos, tem uma vibração yin, ou seja, feminina. Nosso útero ovula, gesta e pare; crianças, sonhos e projetos.

Sendo assim, incorporei ao Pachamanas a hashtag “Visões do Ventre”, em que compartilho trabalhos artísticos inspiradores de mulheres. Independentemente de serem artistas, de viverem disso ou de serem reconhecidas por isso. Para mim, arte é qualquer materialização, por qualquer meio ou mídia, que parte do nosso lugar mais autêntico, tendo assim, a capacidade inata de tocar/atravessar seus observadores.

“Pensei que era abismo mas era o mundo me ensinando a voar”

É isso que o trabalho da Déa faz comigo, como mulher: me lê, me atravessa. Faz eu não me sentir sozinha. Faz eu me sentir aliviada por alguém ter conseguido traduzir tantos sons que meu mar faz e nem sempre consigo compreender, nem sempre abro espaço para desaguar.

Nesse livro a Dea reuniu seus principais trabalhos. Ou vozes. Ou choros. Ou gemidos. Ou sorrisos em forma de imagens que, além de toda força de cura, são bonitas de se ver. Sangue, seiva, lágrima, gozo, saliva, suor. Me senti representada em vários pedacinhos. Acho que vocês também irão se sentir.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s