animais lunares

Em muitas tradições os animais são representações simbólicas relevantes, apresentando as energias arquetípicas em uma linguagem que se comunica com nosso nosso self mais instintivo e intuitivo.

Em um movimento de resgate do aspecto selvagem do nosso ser, aprender sobre os animais que nos chamam, nos ensina e dá orientação sobre quem somos e como trilhar nosso caminho da maneira mais íntegra.

Trouxe aqui alguns animais que usualmente são relacionados com a energia lunar e cíclica da natureza e a simbologia que carregam:

borboleta

desde o período neolítico, a borboleta é associada à feminilidade. A primeira evidência dessa relação está na própria forma da borboleta, que remete à vulva. A curvatura de suas asas pode ser vista como uma representação das luas crescente e minguante.

Deusas: Amaterasu, Psiquê e Morgana, a Fada

template pomba (1)

A pomba traz inspiração e sabedoria ao mundo. Reflete a ligação dos pássaros com os poderes proféticos e oraculares da lua. Relembra o dom de trazer harmonia, reunindo espírito e consciência, humanidade e natureza e sabedoria à intuição.

Deusas: Ishtar, Astarte, Inanna, Deméter, Perséfone, Vênus, Afrodite, Ísis e Virgem Maria

template cavalo

Os cavalos faziam a ligação entre os mundos visível e invisível, e eram montados por xamãs que faziam essa ligação. A égua simboliza a maternidade, o amor e a fertilidade da Terra e dizia-se que seus cascos, em forma de lua crescente, traziam sorte e proteção.

Deusa: Rhiannon

template lebre

Representa a passagem da mulher de donzela à bruxa. Simboliza os poderes ocultos, a sabedoria do ciclo menstrual e a transformação e morte necessárias para dar espaço à renovação.

Deusas: Atena, Minerva, Cailleach, Blodeuwedd, Lilith

template coruja

Relacionados aos poderes lunares da adivinhação, à transformação e à loucura inspirada. Por representarem aspectos indesejáveis na mulher, a Igreja Medieval  associou a lebre e o coelho às bruxas.

Deusas: Ostara, Freya, Vênus

 

Algum desses animais vem aparecendo muito na sua vida?

Amor,

Nikole França

Para se aprofundar, você encontra esse tema no livro Lua Vermelha, da Miranda Gray.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s