(sobre)vivendo na cidade

Qual foi a última vez que algo ou alguém te empolgou tanto que você topou fazer e ir aonde for, sem ligar pra trânsito, chuva e sem consultar o google maps pra ver a distância? Quando seu coração falou tão alto e cristalino que a certeza de valer a pena te deu asas nos pés e brilho nos olhos? Tô com saudade dessa sensação de me co-mover pelo cor-ação. A cidade cinza, os muros, as grades, afastam a gente do outro. Sem essa conexão que só é possível por meio do toque, do olho no olho, do pé na terra e vento no rosto, que tipo de vida é possível levar?

Minha casa é meu corpo, não o concreto armado que delimita meu apartamento. Não as telhas de zinco que me protegem da chuva. Com ele, quero habitar e fazer lar em qualquer lugar.

Nos dias que passo em Manaus, sem internet, no meio do Rio Negro e rodeada pela Amazônia, ou no meio do cerrado atemporal da Chapada dos Veadeiros, fica muito claro para mim que a contemplação é mais fácil em contato com o que foi gestado diretamente dela.

Aqui a gente se esforça, medita, faz círculo, mas existe um limite energético para nossa ascensão dentro da cidade.

O ser humano também cria coisas divinas. Mas sinto essa sacralidade nas coisas vindas da alma, matéria-prima imaterial: a música, a dança, o amor. Toda a arte e todas as formas de afeto.

A Mulher Selvagem ocupa a cidade sendo a flor que rompe o asfalto. Para fertilizar os solos por onde passa, nutrir e ser nutrida pela natureza. Que a gente ouse colorir mais esse habitat anti-natural que foi criado para nos domesticar. Viemos equipadas com as ferramentas de desconstrução e conexão dentro do nosso ventre. A gente precisa se apropriar e aproveitar. A revolução será feminina e o sangue que ela aflora é menstrual.

Amor,

Nikole França

2 comentários sobre “(sobre)vivendo na cidade

  1. elisangela Perin disse:

    Bom dia achei seu Instagram dei olhada e vim para seu site achei dicas ótimas de saúde estou tentando engravidar tem alguma infusão específica para se fazer .
    Alguma erva que ajuda mais que a outra neste momento com certeza deva ter neh.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s